sábado, 27 de agosto de 2016

Luis Fernando prega a união!

Luis Fernando da Lomy prega a união dos araçatubenses!
Em geral, quando os araçatubenses viajam para Presidente Prudente, Rio Preto, Bauru e agora até mesmo para Três Lagoas, voltam sempre com as inevitáveis comparações de que estas cidades crescem rapidamente, possuem boa malha rodoviária, excelente infra-estrutura urbana, boa qualidade de vida, etc. É sempre este mesmo discurso que aponta para uma inafastável decepção com a situação de Araçatuba. Um “complexo de vira-lata” paira sobre muitas pessoas de nossa cidade que atribuem de uma maneira geral, a falta de união política, de união de esforços no sentido de se lutar pelos mesmos objetivos. A realidade desse quadro se mostra claramente durante as eleições nacionais. Araçatuba é invadida por um sem-número de candidatos estranhos, de outras regiões, que aqui aparecem extemporaneamente atrás de votos.

Ao decidir ser candidato a prefeito de Araçatuba, uma das idéias que o empresário Luis Fernando da Lomy resolveu seguir, é justamente a de se buscar a união das forças políticas da cidade. “Perdemos muito com essa luta política antiquada, indesejável, que apenas favorece outros grandes centros em detrimento de Araçatuba”, disse ele.  Há anos Araçatuba não consegue eleger um deputado estadual ou federal, justamente por causa dessa falta de união. Quando chega o período das eleições nacionais, candidatos de todos o cantos do estado, aparecem na cidade, oferecem benesses para algumas pessoas que assumem compromissos de buscar votos para esses candidatos. Luis Fernando da Lomy quer mudar esse quadro.

Ao iniciar a campanha eleitoral no rádio e TV, o candidato petebista que levar ao povo, ao eleitor, essa mensagem de união, de mudar essa forma de se fazer política. Evitar acusações pessoais que atinjam famílias, ataques desqualificados que ferem e maculam a honra de adversários políticos, precisam ser substituídos por uma mensagem de amizade, de amor à cidade e de união de esforços no sentido de se carrear toda essa energia em prol de um único objetivo – o bem da cidade, do povo. Araçatuba perde muito com essa falta de união. Fica sempre na dependência de parlamentares de outras regiões que obviamente vão lutar em primeiro lugar por suas cidades de origem deixando nossa cidade em segundo plano.

Para Luis Fernando da Lomy, todos os candidatos seja de qual partido for, merecem respeito e já são vitoriosos simplesmente pelo fato de terem a coragem de deixarem seus afazeres pessoais, suas atividades profissionais, suas famílias e lançarem seus nomes à apreciação de seus concidadãos. A campanha às vezes se torna acirrada, a disputa agressiva, mas é preciso enxergar que a política passa, as amizades continuam, os negócios prosseguem. Os eleitores em geral são apaixonados por suas bandeiras, seus partidos e candidatos. É como um autêntico futebol, mas os candidatos, os responsáveis pela organização das campanhas em si, precisam orientar a todos de que desavenças, agressões públicas, ofensas desnecessárias, só aumentam a distancia entre as pessoas. A cidade que todos amamos requer que seus filhos vivam, unidos, em paz na busca da união, que resultará em progresso, desenvolvimento, uma melhor qualidade de vida e novas oportunidades para todos. Assim pensa Luis Fernando da Lomy!

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Candidatos novatos sem chances!

Poucas chances aos candidatos novatos!
Cido Saraiva, Profº. Cláudio e Papinha, devem receber milhares de votos.

A campanha eleitoral já está nas ruas e os candidatos se movimentam como podem na caça ao eleitor. Este ano, o pleito é marcado pela rigidez da legislação eleitoral que traz enormes dificuldades aos postulantes para as 15 vagas no legislativo araçatubense. Muita gente que até o inicio deste mês anunciavam que seriam candidatos, desistiram. Os partidos, os candidatos a prefeito reduziram drasticamente o investimento, o dinheiro está difícil por conta dos impedimentos legais e também pela “Operação Lava-Jato” que espantou eventuais doadores, assustados com escândalos por causa de doações milionárias.

Insistimos que a renovação de eventuais candidatos em Araçatuba será pequena. Nomes novos na política local terão uma imensa dificuldade para conseguirem competir de forma paritária com os atuais ocupantes que levam grande vantagem por terem seus nomes  já conhecidos do público, do eleitor. Com as restrições impostas pela lei eleitoral, hoje, o candidato à vereança não pode fazer quase nada para apresentar-se ao eleitor. Tudo é proibido e o dinheiro está escasso. Somado a isto, há um número muito grande de candidatos. Serão 200 candidatos disputando 15 cadeira, sugerindo aí uma média de 13,3 por vaga.

Contudo, temos que ser práticos. Penso que dos atuais vereadores, pelo menos 5 serão reeleitos – Cido Saraiva, Rivael Papinha, Tieza, Claudio Henrique e Arlindo Araújo. Restarão portanto, 10 vagas para 195 candidatos, piorando a media que subirá para 19,5 por vaga. Este quadro se agrava para os candidatos novatos, quando vislumbramos aqui uma turma intermediária com alguns ainda exercendo a vereança como Dr. Jaime, Batata, Beatriz Nogueira, Carlinhos Santana e Cabo Claudino. Segue-se um grupo de ex-vereadores, todos puxadores de votos com grande chance – Dunga, Olair Bosco, Mário Mardegan, Profª. Marly Garcia. Nesse quadro, soma-se João Moreira, Platibanda e outros.


Sendo assim, não se vislumbra muito espaço para os novatos. Existem alguns candidatos nesse grupo com nomes conhecidos, que podem surpreender devido à exposição na mídia, na sociedade, em grupos ou setores mais restritos. Aqui podemos apontar Celso Chopompeu, Ícaro Morales, Pastor Edgilson, Ernesto Lemos, Luís Boatto, Clarice Andorfato, Sancler, Marcio Saito, Dr. Flávio Salatino, Dr. Alceu e outros. Mas este grupo de novatos terá uma imensa dificuldade para furar a barreira da falta de oportunidades para se apresentarem, mostrarem que são diferentes e capazes de conquistar uma vaga na Câmara de Araçatuba. Quem viver verá!

sábado, 20 de agosto de 2016

EXCLUSIVO: OS 200 CANDIDATOS A VEREADOR DE ARAÇATUBA!

OS 200 CANDIDATOS À VEREADOR EM ARAÇATUBA
200 lutando para alcançar uma cadeira neste plenário.