sábado, 19 de julho de 2014

Deficientes continuam excluídos:

Deficientes: Ainda cidadãos excluídos!

Alguns deficientes precisam de um transporte específico, personalizado de casa para centros de recuperação física, atendimento médico, odontológico, fisioterápicos, não sendo possível por meio das linhas convencionais da TUA.


Em que pese a Constituição Federal em seu art. 5º determinar que “todos são iguais...” e no art. 227, II que prevê a “criação de programas de prevenção e atendimento especializado (...) e a facilitação do acesso aos bens e serviços coletivos...”, o deficiente físico, visual, mental, continua sendo tratado de forma excludente, humilhante e ignorado pelos gestores públicos de uma maneira geral. O Brasil é signatário da Convenção Sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, das Nações Unidas que, por força do disposto no art. LXXVIII, § § 2º, 3º, da Constituição Federal, cujos princípios determinam a “plena e efetiva participação e inclusão na sociedade”, além de reconhecer a “acessibilidade" como princípio persiste a negação, a omissão daqueles responsáveis por proporcionar e criar a condições de acesso dessa parcela da sociedade, mantida em verdadeiros guetos  sociais impedidas do simples ato de ir e vir, tolhidas em buscar crescer, buscar tratamentos adequados e acessos aos locais disponíveis para este mister.

Recentemente a imprensa divulgou informação sobre o descumprimento de decisão judicial por parte da Municipalidade para que deficientes sejam transportados em veículo próprio, especialmente adaptado para esta tarefa afim de que possam chegar aos locais de tratamento médico-ambulatorial ou onde pratica algum tipo de exercício físico ou estuda e esta determinação não vem sendo cumprida pela Prefeitura Municipal de Araçatuba, após determinação emanada do Tribunal de Justiça de São Paulo, cujo prazo de 120 dias esgotou-se, mostra claramente este descaso. Várias famílias necessitam deste tipo de transporte personalizado tendo em vista que os ônibus da TUA mesmo que adaptados, apenas trafegam nas linhas usuais não podem fazer esse atendimento de casa em casa. Inúmeros deficientes precisam chegar até o local onde fica a AADEFA onde recebem tratamento de fisioterapia e mantêm contatos com outros e os voluntários que prestam algum tipo de atendimento naquela instituição que mercê dos esforços de seus diretores de há muito passa por difícil situação financeira, não podendo assim dispor de meio de transporte próprio.

É um absurdo que a Municipalidade se mantenha silente, omissa e trate este assunto com certo desprezo e desatenção. Os deficientes de uma forma geral são tratados como cidadãos de segunda classe. Não deveria ser assim. Os princípios básicos de nossa cidadania indicam que todos devem ser tratados de forma igual ou desigual na medida de sua desigualdade. Os deficientes sofrem constantes violações em seus direitos elementares quando pessoas inescrupulosas ocupam as vagas de estacionamento sem o menor pudor ou “furam” as filas destinadas a idosos e pessoas com limitações físicas. O poder público deveria dar uma atenção mais próxima, mais humanizada e solidária à estas pessoas que sofrem  limitações de caráter físico, mental e dependem extremamente de suas famílias que, em muitos casos sofrem por não terem as condições necessárias e o devido apoio das autoridades. Tais seres igualmente merecem o nosso carinho, nossa atenção e respeito.

sábado, 12 de julho de 2014

O legado da Copa:

Legado da Copa: Temos algo a comemorar?!


Ao fim de um mês da realização da Copa do Mundo da FIFA no Brasil, em meio à maior derrota de nossa Seleção, o momento é para refletir sobre este grandioso evento que movimentou bilhões e bilhões de Reais, atraiu a atenção de todo o planeta e recebeu perto de 1 milhão de visitantes de todas as partes do mundo gerando uma receita ainda não fechada de alguns bilhões deixados aqui por estes turistas. Desde 2007 quando a FIFA escolheu o Brasil para sede, já sabíamos que, no que tange às obras propaladas, a situação não seria das melhores tendo em vista os protagonistas envolvidos. De um lado, o governo de Lula, atolado até o pescoço no maior escândalo político de nossa história, o MENSALÃO, que desaguou na prisão das cabeças coroadas do petismo tupiniquim. De outro, os gangsteres da CBF,  liderados por Ricardo Teixeira, conhecido mafioso que no início sequer era recebido pela presidentE Dilma Rousseff. Foi inúmeras vezes humilhado pois com toda certeza o governo sabia com quem estavam lidando. A pressão contra Teixeira foi tamanha e o medo de uma CPI, uma investigação mais pormenorizada por parte da Polícia Federal, levaram este meliante a praticamente fugir, esconder-se em Mônaco e abandonar a presidência da CBF deixando em seu lugar, um não menos delinquente para abafar eventuais escândalos. Havia muitos projetos grandiosos em 12 capitais-sede, envolvendo bilhões e bilhões em construção de novos estádios, aeroportos, rodovias, portos e até o megalomaníaco "trem-bala" que ligaria Campinas ao Rio de Janeiro passando por São Paulo. Em várias dessas frentes de obras, a intervenção do Ministério Público foi enorme devido às constantes e usuais denúncias de super-faturamento, desvios de verbas, etc. Muitas dessas obras ficaram pelo caminho, não foram e ninguém sabe se serão concluídas. A tal Arena do Corinthians foi um exemplo da má aplicação de recursos. A prefeitura de Kassab abriu mão de impostos e o BNDES abriu as burras para que dinheiro público fosse enterrado nesses verdadeiros "elefantes-brancos", pois estádios como os de Cuiabá, Manaus, Fortaleza e Natal, com certeza ficarão às moscas depois da ressaca futebolística pois nesses lugares não existe nenhuma possibilidade desses espaços serem utilizados  pois sequer existem times de renome para garantirem a presença de milhares de torcedores. Foi preciso Jerôme Walker dar "um chute no traseiro" do Brasil para que os atrasos não comprometessem os compromissos assumidos. O medo da FIFA era de que muitas das arenas não ficassem prontas para o evento. Foi uma correria e muito dinheiro público foi despejado para que não houvesse solução de continuidade.

O governo do PT desde o início quis tirar proveito político do evento e da presença de nossa Seleção. O tempo trouxe as grandes manifestações e protestos generalizados culminando com a vaia ensurdecedora que Dilma levou sem contar os xingamentos que muita preocupação trouxe aos dirigentes da FIFA. Agora, como o povo brasileiro soube comportar-se respeitosamente até porque os estrangeiros e visitantes não são culpados das mazelas do governo, da CBF e da FIFA, nada de anormal aconteceu e o evento transcorreu na mais perfeita calma, assim como foi a visita do Papa Francisco, no ano passado. O governo naturalmente está contando vitória e quer mostrar sua capacidade de gestão ao fim da Copa, mas alguns meses atrás o temor da FIFA era grandioso diante da iminente incapacidade do Brasil em não controlar a segurança, o caos nos aeroportos e rodovias que acabaram não ocorrendo para alívio das autoridades de Brasília. Mas, diante de tantos e insuperáveis aborrecimentos criados, com certeza, Walker e Blatter nem no próximo século voltarão ao Brasil e nunca mais desejarão aqui realizar algum evento da FIFA. Ameaças de uma CPI para tirar as tripas da CBF e suas relações incestuosas, perigosas, ficaram patentes quando a polícia brasileira acaba de desbaratar uma perigosa quadrilha de venda de ingressos envolvendo altos quadros da própria FIFA. 

O governo e os brasileiros só não esperavam o desastre que ocorreu com a Seleção de Felipão. Era nítido desde o início com aquele malfadado gol contra do Marcelo no jogo com a Croácia  que as coisas não estavam bem. O Brasil veio se arrastando, se classificou na marra. Agora o país inteiro procura um culpado ou culpados para esta verdadeira tragédia nacional. Tarde demais. Jogar pedras em Luís Felipe Scolari não vai mudar a situação. Resultado de jogo de futebol é igual decisão do Supremo Tribunal Federal - não se discute, se cumpre! Simples assim. O Brasil montou um esquema fraco, jogadores até medíocres, um inaceitável e imponderável endeusamento de Neymar, atribuindo-se a este uma enorme responsabilidade que o mesmo não teria como suportar. Deu no que deu. É compreensível as críticas, encontrar um bode expiatório, mas isso tudo não vai reverter o quadro. A humilhação imposta aos brasileiros foi como beber féu! Nem tinha como Deus afastar este indigesto cálice! Culpado? Nenhum. Tudo isso é o resultado de uma conta mal feita que vem de muito tempo. As mudanças de técnicos ao sabor da ira nacional levam a isso. O Brasil precisa aprender com muitas seleções e times que não será trocando técnicos todos os dias que se chegará a bom termo. Os alemães podem nos servir como exemplo. Não é uma derrota que se vai mudando a situação. Felipão tem uma biografia vitoriosa que precisa ser respeitada. Até às 17 horas daquela fatídica e monstruosa Terça-Feira, era o tal, era isso e mais aquilo. Ganhou o Penta, levou Portugal àquela situação vitoriosa, etc. Bastou perder diante da poderosa Alemanha para se jogar pedras e tentar desqualificá-lo. Não entendo que ele deva continuar, talvez seja mesmo o fim de um ciclo, mas diante de uma situação de pressão e nervosismo, se querer até trazer técnicos estrangeiros, aí é demais! Seria um crime de lesa pátria, algo impensável, inadmissível!    

quinta-feira, 3 de julho de 2014

A "nova" Pça. Rui Barbosa:

Finalmente, reaberta a nova Pça. Rui Barbosa!



No domingo passado (29 de junho), o prefeito Cido Sério (PT), entregou à população, a Praça Rui Barbosa, no coração de Araçatuba em meio a muita festa, discursos, banda de música e um alívio após o local estar interditado por mais de dois anos, sendo até objeto de uma gozação em nível nacional, quando aqui esteve o programa CQC, oportunidade em que mostrou para todo o Brasil, o estado de abandono e omissão em que a praça se encontrava. Deixou um prefeito numa “saia-justa” incômoda e humilhante, arrebatando um dos prêmios que o alcaide mantinha entre seus troféus no gabinete. O custo total da reforma chega a quase R$ 1.400.000.00! É zero que não acaba mais. Muita gente está criticando a qualidade do piso, o acabamento, etc.
                           Não vamos entrar no mérito se a reforma ficou boa ou não. Essa discussão não vai prosperar tendo em vista que o importante é que o clamor popular foi atendido. A praça é um espaço do povo e hoje dá gosto ver centenas e centenas de pessoas transitando por ali, outros tantos sentados nos bancos, a fonte funcionando, etc. Foi a melhor reforma? Atingiu os objetivos? Creio que o tempo dirá. Se usaram produtos de péssima qualidade, estes, não resistirão à próxima temporada da estação chuvosa em outubro. Aí, a população verá até onde vai responsabilidade do prefeito. Esta reforma servirá para avaliar o interesse do Executivo em cuidar bem da cidade. Se olharmos para a reforma, a revitalização da Avenida Pompeu de Toledo, esta ficou perfeita, transformou a visão, a estética daquele lado da cidade, tornando-se um “point” dos amantes das caminhadas, passeios. Ficou maravilhosa aquela artéria da cidade. Logo, em agosto, os ipês estarão floridos,  fazendo com que aquele espaço atraia ainda mais a atenção das pessoas.
                           O importante é que o poder público reaja com mais rapidez aos anseios da população. Este episódio da Rui Barbosa serviu para demonstrar que não se pode admitir amadorismo, falta de profissionalismo quando se trata da res pública. O prefeito, sem anuência da Câmara, sem um documento oficial, entregou um bem público para um grupo de cidadãos, bem intencionados em executar a remodelação, a reforma da praça, no entanto, no meio do projeto, da execução, estes abandonaram a iniciativa, deixando a municipalidade com um abacaxi enorme em meio a um ano eleitoral e não dispondo naquele momento de dotação orçamentária e um projeto de fato para a realização da obra. Deu no que deu. Protestos, manifestações e críticas vieram de todos os lados e o prefeito Cido Sério se viu cercado, acuado pela população que exigia uma imediata reação diante do problema criado. A praça foi reformada, pode não ser aquela proposta que todos aguardavam, mas, o importante é que foi reaberta ao povo. O tempo se encarregará de mostrar os vícios e defeitos redibitórios, no bom juridiquês!

                     

domingo, 22 de junho de 2014

A presidentE abandonada:

Isolada, Dilma perde apoio de ex-aliados!


                                  O PT realizou sua convenção nacional e confirmou o nome da atual presidentE, Dilma Rousseff para concorrer à reeleição em outubro próximo, tendo como vice, Michel Temer, do PMDB, que durante o evento foi hostilizado e ignorado pelos petistas mais fanáticos, os mais xiitas. Existe uma ala radical, incendiária que odeia o PMDB, mas, engole Temer porque o PT precisa dos votos e do apoio do PMDB. No fundo, nutrem reciprocamente um ódio mortal entre si. E justamente por causa desse ódio que petistas despejam sobre os outros, ódio este alimentado por seu chefe maior, Lula, eles estão perdendo apoios importantes. O PTB através de seu presidente nacional, Benito Gama, o baiano conhecido como “Benito Grana”, acaba de anunciar que está saltando do “Titanic” petista e apoiará Aécio Neves, do PSDB. Pelo menos uma ala de 30% do próprio PMDB admite que apoiar o PT chegou ao limite e abandonarão o barco. PR, Solidariedade, PSB também se afastaram do governo.
                                  Dilma está isolada, desgastada, abandonada. Acusam-na de ser autoritária, não ouvir ninguém, não receber os parlamentares, O próprio PT ensaiou um “Volta Lula”, que foi abafado pelo próprio e soma-se a isto, a queda vertiginosa nas pesquisas de intenções de votos e na avaliação do governo que não param de cair. Em meio à inúmeros escândalos de corrupção na Petrobrás, na realização da Copa do Mundo, a presidentE passa por um inferno astral. Foi hostilizada, vaiada na abertura do evento, não fez discurso e ninguém até agora sabe quem irá entregar o troféu ao time vitorioso. Com esse joguinho mixuruca que a nossa seleção está apresentando, pode se dar mal e Dilma vai pagar o pato pelo fraco desempenho. Ganhar nesta segunda-feira de Camarões além de ser obrigação, terá que ser de goleada, pois ainda não convenceu. Se uma vitória pode até não ajudar Dilma em seu desempenho nas urnas, uma derrota apressará o calvário do PT.
                                  O desgaste do PT vem como um longo e exaustivo sangramento incontido desde o Mensalão. Os principais líderes do partido estão presos, encarcerados e nem houve uma renovação partidária. Mesmo em São Paulo, berço do partido, nomes como Mercadante, Suplicy, Marta, são os poucos que o partido pode contar. O eventual candidato ao governo paulista, Padilha não decola e nem Dilma veio em sua convenção. Em vários estados, os partidos ainda aliados do PT se recusam a manter a união em nível regional, preferindo lançar nomes próprios e a principal acusação é que o PT e Dilma não cumpriram com acordos firmados em eleições passadas. Acordos que devemos entender como cargos, empregos, dinheiro, benesses e outras mordomias no troca-troca dessa relação incestuosa, suja que existe entre os partidos políticos no Brasil. Dilma padece de seus próprios males e da terrível figura que seu partido hoje tem junto à opinião pública. Até seu ministro Gilberto Carvalho, reconheceu esta semana que a corrupção impregnou-se na imagem do PT e está difícil mudar. Haja solvente, haja removedor!
                                  

sábado, 14 de junho de 2014

Dilma mereceu as vaias e os xingamentos:

Vaias e xingamentos são manifestações democráticas


                                      Como dizia o velho corintiano Vicente Matheus: “Quem entra na chuva é prá se queimar...” e todos nós sabemos que num estádio de futebol, mesmo numa Copa do Mundo só não vão anjos. O linguajar, o palavreado é chulo, baixo. Xingamentos e agressões são comuns e é até arriscado para famílias, crianças comparecerem aos jogos. No caso das agressões verbais e vaias contra a presidentE Dilma Rousseff, ela devia saber que passaria por esta situação, que ficaria exposta às vaias e não há como evitar. Governantes, de uma maneira geral, estão sujeitos à esta exposição. Quem  entra para a vida pública deve estar pronto para enfrentar essas saias-justas. O povo brasileiro de uma maneira geral está saturado, está com o governo, com o PT atravessado na garganta. Ninguém agüenta mais a corrupção, a bandalheira, o mau uso do dinheiro público e o estádio é o lugar democrático e palco ideal para tais manifestações. Exceto nas ditaduras, nos regimes autoritários, essas manifestações ficam difíceis de se realizarem. Dilma Rousseff é a personificação de um governo podre, um governo contaminado pela corrupção, pela imoralidade e falta de ética. O povo não tem como se expressar, demonstrar seu descontentamento, sua desaprovação. O governo com seu poder de cooptação e aliciamento, controla o congresso nacional, comprando consciências não só de partidos como de parlamentares para aprovar aquilo que deseja e impedir a atuação da oposição, tentando abafar os escândalos, as denúncias como é o caso da corrupção na Petrobrás. O povo não podia nunca perder esta rara e única oportunidade de mostrar, de materializar a revolta, o descontentamento com o governo. Dilma mereceu o xingamento, mereceu as vaias.
                                  Não se pode criticar o governo e vem os petistas fanáticos, xiitas acusarem os críticos de pertencerem à direita e serem da elite branca. Seria cômico, seria interessante que pudéssemos mesmo fazer parte de uma elite. O PT tenta mascarar, esconder a realidade dos fatos e tenta jogar brasileiros contra brasileiros. De fato, nisso concordamos com o PT, de que quem estava no estádio podia pagar. Cadê os pobres, cadê os próprios moradores de Itaquera que não tiveram acesso, não puderam pagar o ingresso, dessa, que está sendo a Copa mais cara da história?! Lula, além de mentiroso, fanfarrão e demagogo quer jogar o povo contra o povo. Desde 2007 quando se anunciou que este evento seria no Brasil, já sabíamos como as coisas iriam transcorrer. É interessante destacar que o ex-jogador Romário, o escritor Paulo Coelho que apoiaram a escolha, depois saltaram do barco denunciando a roubalheira, a corrupção e, por último vem Ronaldo Fenômeno confirmar isto. Até a filha de Ricardo Teixeira, um bandido, um ladrão, ex-presidente da CBF afirmou tal assertiva. Aliás, a pergunta é esta: Quem é e por que essa filha de Teixeira está nesse Comitê Local da FIFA? O quê ela representa?
                                  Em junho do ano passado, o Brasil inteiro se levantou como nunca se tinha visto. Milhares e milhares de cidadãos em todos os cantos desse país foram às ruas protestar. O governo reagiu com a dureza da lei, colocou o exército, a polícia, tanques nas ruas para abafar, para calar as vozes roucas das ruas. Xingar, vaiar Dilma num momento em que bilhões de pessoas em todo mundo estavam com os olhos voltados para o Brasil, não tem preço! Era tudo que milhões de brasileiros gostariam de fazer. E ela só não levou pedrada ou ovos podres porque a FIFA impediu a entrada, mas merecia, para diminuir aquela arrogância com que ela olha o povo. Cercada de bajuladores e líderes insignificantes de países, incluindo o atual presidente do Suriname, Desi Bouterse, um bandido assassino e narcotraficante, a presença de Dilma ficou pequena, diminuta, condizente com a sua imagem diante dos brasileiros, no crepúsculo de um governo impopular, corrupto, acobertada por um partido que vendia a propaganda da ética e protagonizou o maior escândalo de corrupção da história do Brasil. Parabéns aos brasileiros corajosos e patriotas que ousaram enfrentar a arrogância e a soberba dessa incompetente. 

sábado, 31 de maio de 2014

A "aposentadoria" de Joaquim Barbosa:

Joaquim Barbosa tem munição capaz de impedir que o Brasil se subordine de vez à confederação dos fora da lei!

Para azar da seita que venera corruptos, Joaquim Barbosa é um homem honesto, reiterou o título do post aqui publicado em 7 de julho de 2013. O texto tratou de mais uma sórdida ofensiva movida por blogueiros de aluguel, mobilizados por sacerdotes decaídos que o ministro do Supremo Tribunal Federal enfrentou com altivez e bravura. A infâmia da vez sibilava que não havia diferenças entre uma viagem do relator do mensalão, que nada teve de ilegal ou imoral, e a farra aérea protagonizada por gente como Lula, Rose Noronha, Sérgio Cabral, Garibaldi Alves, Renan Calheiros ou Henrique Alves.
Mais uma vez, o bando a serviço de celebrantes de missas negras foi desmoralizado pelos fatos ─ e obrigado a recuar para o pântano na selva da internet sem levar como troféu o escalpo do homem que conduziu exemplarmente o julgamento mais importante da história do STF. O episódio confirmou que, para desgraça do grande clube dos cafajestes (e para sorte do país que presta), a desonestidade nunca figurou entre os defeitos que inclui, por exemplo, o pavio curtíssimo e a baixa disposição para o convívio dos contrários.
Os bucaneiros lulopetistas souberam desde sempre que lidavam com um jurista honrado ─ e por isso mesmo o mantiveram permanentemente na alça de mira. Barbosa não foi transformado em alvo preferencial por reincidir em escorregões populistas ou surtos de intolerância, mas por ter provado que existem no Brasil juízes sem medo. Num Supremo ameaçado de virar sucursal do Executivo pela ampliação da bancada composta por ministros da defesa de culpados, Barbosa vai fazer muita falta. Aos 59 anos, contudo, ele só se aposentou do serviço público.
É improvável que pretenda  aposentar-se da vida pública. Se quiser, dificilmente conseguirá. A decisão de antecipar a saída foi lastimada pelo país decente e festejada com um carnaval temporão pela turma da Papuda. A reação contrastante é mais que um ponto luminoso na trajetória de Joaquim Barbosa. É outro poderoso motivo para que não capitule, e siga cumprindo seu dever. A partir de julho, estará liberado para agir também politicamente. Sobra-lhe munição para ajudar a impedir que o Brasil se subordine de vez à confederação dos fora da lei. (Transcrito do blog DIRETO AO PONTO, do jornalista Augusto Nunes, de VEJA, 30.5.14).


sábado, 24 de maio de 2014

COPA: TODOS ACUSAM DILMA, A "GERENTONA" DO PT!

Fiasco na Copa:  Todos acusam Dilma, a "gerentona" do PT! 
Dilma foi humilhada, vaiada na Copa das Confederações. Agora em junho, ficará calada com medo do povo!

                                      Faltando aí umas duas semanas para a abertura do Mundial no Brasil, começam a troca de farpas e acusações entre as partes envolvidas sobre os atrasos e erros cometidos pela escolha de nosso país para sediar este importante evento. Lá se vão aquele distante 2007 quando Lula acompanhado de um caminhão de puxa-sacos desembarcou em Genebra para a escolha dos pretensos países-sede! Como Blatter, Walker devem estar arrependidos de irem na conversa desse mentiroso, desse palhaço, o ex-atual presidente brasileiro. Na bagagem de Lula estavam prefeitos, governadores, políticos importantes, ministros, além de Pelé, Ronaldo Fenômeno e até o escritor Paulo Coelho, hoje vozes discordantes e que criticam Dilma Rousseff pelos atrasos, pelos gastos exorbitantes e a  corrupção com esta Copa do Mundo. Desde aquele dia, a única voz contrária foi Romário que pregava que “seria a maior roubalheira da história...” Dito e feito.
                                  Hoje, os estádios, dos quais alguns estão irremediavelmente condenados a se tornarem elefantes-brancos, custam 4 vezes o valor planejado. A maioria das obras de infraestrutura, mobilidade urbana ficará no papel, dentre estas destaca-se o badalado “trem-bala”, um sonho distante e prometido por Lula e que ligaria Viracopos (Campinas) ao Rio de Janeiro, passando por São Paulo. Há dois anos, Jerôme Walker, o Secretário-Geral da FIFA advertia que “seria necessário dar um pontapé no traseiro do Brasil para apressar as obras..”. Quase crucificaram o homem e o impediram de entrar no Brasil. Ele estava certíssimo, ele antevia que este desgoverno, este desastre chamado PT que reúne os piores partidos políticos que mais se assemelham à uma quadrilha criminosa não cumpriria os compromissos firmados além do que, a FIFA estaria lidando com gente mafiosa da pior espécie, gente acostumada a extorquir de grandes empreiteiras, milhões e milhões em propinas para alimentar “caixa 2” de campanhas políticas. Walker deve ter ficado apavorado com os desdobramentos, as denúncias que iam surgindo ao longo da CPI do “Mensalão” que deixava Lula nu e mostrava a face bandida, a face criminosa do PT e do governo. Era tarde demais!
                                  Agora, diante das pressões, dos protestos e acusações contra a própria FIFA decorrentes inclusive das grandes manifestações de junho do ano passado que puseram em perigo inclusive a Copa das Confederações, executivos da entidade mundial do futebol estão mostrando as manguinhas de fora e criticando o governo brasileiro. Joseph Blatter afirmou a jornais franceses esta semana que Lula queria na verdade construir 17 novos estádios!!!  Claro, seria uma montanha, um Everest de dinheiro a ser movimentado, o que assustou os dirigentes em Genebra que concordaram com as doze e atribuindo a Lula os problemas futuros das arenas de Manaus, Cuiabá, Fortaleza, Natal, onde não existe futebol capaz de justificar esses enormes investimentos. O presidente Lula usou essas arenas para beneficiar a candidatura de Dilma em 2010. Agora, juntou-se a este coro de descontentes com o ritmo das obras, o “mago” Paulo Coelho e Ronaldo Fenômeno, que disse estar envergonhado com os atrasos. Até Pelé, tem-se manifestado diferentemente das besteiras que falava antes. E a Xuxa? Bem a Xuxa...Deixa prá lá...!
                                  Agora Dilma está sendo os poucos abandonada. Deve estar amaldiçoando este presente grego, essa herança deixada por Lula. Todos estão jogando pedras na presidentE. Imagine se o Brasil afundar, não ganhar a Copa?!!! Dilma nem poderá fugir no tal trem-bala e os aeroportos sofrem constantes apagões, inundações, atrasos, tumultos, etc. Vai ser um inferrrrrrrrrno! A Dilma já foi proibida de falar, de abrir a boca, sim, foi PROIBIDA por que este famigerado PT vendeu a soberania brasileira e quem manda e desmanda no país pelo menos até o final da Copa é Blatter que tem “status” de chefe de Estado com direito até a batedores da Polícia Federal quando está no país. Com medo das pressões, protestos e manifestações ele até cogita hospedar-se ali em Buenos Aires, um bairro “gringo” mais distante do centro de São Paulo e vir todos os dias de jatinho, afinal, o PT isentou a FIFA de pagar impostos e ao final de julho, vai faturar livre, livre cerca de R$ 5 Bilhões em ingressos e patrocínios. Nem as baianas do acarajé poderão dividir sequer uns trocados com esses mafiosos e bandidos da FIFA. E viva o famigerado PT! Em matéria de entregar o patrimônio brasileiro aos estrangeiros o PT entende muito bem!